domingo, 6 de março de 2011

PACTO - PARTE 1

Era o último ano da faculdade, cheio de trabalhos, dos planos da formatura, baile, roupa, discursos, juramentos, tanta coisa que tornava aquele ano o mais esperado e o mais estressante de suas vidas.
Era uma turma  normal, aproximadamente uns vinte e três acadêmicos, mas dentre  eles sempre se destacavam, fosse pela espontaneidade, pela aparência ou pelo desempenho nas disciplinas, cinco garotas.
Eram normais, mas sempre acabavam como o centro das atenções, jamais se via uma delas que fosse estudando, ao contrário, estavam sempre numa eterna festa, sorrindo, cantando, alegres como se ainda fossem adolescentes, mas na hora de apresentar provas as notas eram sempre as mais altas.
Na época boatos invadiam o campus, uns diziam que compravam os trabalhos, outros que tinham caso com alguém na universidade.
Mas na realidade o que aquelas cinco mulheres ocultavam estava além da imaginação de qualquer um dos outros.
Bem, para contar toda a verdade é preciso voltar ao início da faculdade, logo que o grupo se reuniu: Mayara, Myrian, Kalisca, Mirthes e Renata.
Assim que começaram a andar juntas nada havia de estranho, mas logo o comportamento delas começou a chamar atenção, ninguém podia levar a vida numa festa, sempre a sorrir e conseguir o destaque que tinham...
Começou numa noite muito escura, a cidade em polvorosa com  um crime qualquer que havia ocorrido, e nesta mesma noite a energia elétrica resolveu faltar.
Foi nesta noite que o destino das cinco mudou.
Sentadas numa das esquinas da cidade elas conversavam sobre assuntos sem importância quando ele se aproximou, era um homem, idoso, vestido com uma capa preta, seus olhos pareciam órbitas vazias, suas mãos pálidas saiam da capa como fossem apenas ossos.

Um comentário:

  1. Oi Rubia

    Parabens pelo blog e pelos contos; bem legal mesmo.
    Rosemarie

    ResponderExcluir